Leitura bíblica - dia 27

Gênesis 27
Nesta altura da história,  Isaque já está velho e praticamente cego. Ele pede a seu filho Esaú que cace algo e prepare uma comida para ele, então daria-lhe sua bênção.  Rebeca trama com Jacó, que este se faça passar por Esaú.  Assim,  Isaque receberia a bênção. E foi exatamente o que aconteceu, causando revolta e mágoa em Esaú,  pois por causa disso, este passaria a morar em lugares inférteis e a servir a Jacó. Esaú planeja matar seu irmão assim que Isaque morra. Ao saber disso,  Rebeca aconselha a Jacó para que fuja por um tempo, até que a raiva de Esaú passe.

Salmos 27
Se é possível julgar pela matéria do cântico, o escritor estava sendo perseguido por inimigos, Sl 27.2-3, estava barrado da casa do Senhor, Sl 27.4, acabava de se separar de pai e mãe, Sl 27.10, e estava sujeito a difamação, Sl 27.12; não houve tudo isso junto quando Doegue, o edomita, falou contra ele para Saul? É um cântico de esperança feliz, que casa bem com aqueles que estão em provação, que aprenderam a se apoiar no braço do Todo-Poderoso. O salmo pode com proveito ser lido de uma maneira tríplice, como sendo a linguagem de Davi, da Igreja, e do Senhor Jesus. Assim a plenitude da Escritura se mostra ainda mais maravilhosa.

Mateus 27

Filme

Jesus já está entregue a Pilatos.  Judas, perturbado, devolve as moedas que ganhou pela traição.  Com o dinheiro,  os sacerdotes compram um terreno para servir como cemitério de forasteiros.
Judas sai com a intenção de se enforcar.
O restante do capítulo narra a via crucis, crucificação, morte e sepultamento de Jesus. Os religiosos ordenam que se faça uma vigilância permanente no túmulo para evitar que os discípulos roubem o corpo de Jesus.  O próprio Pilatos providencia uma escolta especial para a situação.