Leitura bíblica - dia 33

Gênesis 33
Esaú está chegando com quatrocentos homens. Jacó está preparado para uma batalha. Divide e posiciona os seus. Se curva diante de seu irmão. Esaú, no entanto, o abraça forte e os dois choram. Toda a família de Jacó é apresentada a Esaú. Após uma conversa, Esaú sugere que sigam juntos a viagem até Seir. Jacó diz algo como "vai indo que eu já vou", mas na verdade pega outro rumo até Sucote, onde edificou residência e abrigo para o gado.

Salmos 33
Este cântico de louvor não apresenta título nem indicação de autoria; para nos ensinar, diz Dickson, "a olhar para a Escritura Sagrada como sendo totalmente inspirada por Deus, e não para avaliarmos pelos seus autores".
O louvor de Jeová é o assunto deste canto sagrado. Os justos são exortados a louvarem-no, Sl 33.1-3; por causa da excelência de seu caráter, Sl 33.4-5; e sua majestade na criação, Sl 33.6-7. Ordena-se aos homens temer Jeová porque os propósitos dele são realizados na providência, Sl 33.8-11. Proclama-se que seu povo é abençoado, Sl 33.12. A onisciência e onipotência de Deus, e o cuidado de seu povo são celebrados, em oposição à fragilidade de um braço de carne, Sl 33.13-19, e o salmo termina com uma fervente expressão de confiança, Sl 33.20-21, e uma oração sincera, Sl 33.22.

Marcos 5
Jesus expulsa um demônio de um homem da região dos gerasenos. Aliás, um não. Vários, que ao deixarem o homem,  ainda pedem a permissão de Jesus para entrarem em uma vara de porcos. Estes, após serem possuídos,  cometem suicídio coletivo ao se atitaram de um precipício. O homem no entanto, que até então vivera em desespero e tormenta, passa a ser uma pessoa lúcida,  normal.  Os moradores locais aparentemente gostavam mais dos porcos do que do homem, porque quando souberam do milagre:

"Então o povo começou a suplicar a Jesus que saísse do território deles"
(Marcos 5:17)

Logo em seguida,  a famosa passagem onde Jesus cura uma mulher que sofria há doze anos com uma hemorragia e em seguida ressuscita a filha de Jairo.