Leitura bíblica - dia 37

Gênesis 37
José era o filho preferido de Jacó e isso causa inveja aos seus irmãos a tal ponto que eles o vendem como escravo para ps egípcios,  mentindo para Jacó que ele havia morrido.

Salmos 37
O grande enigma da prosperidade dos maus e a aflição dos justos, que têm deixado tantos perplexos, são tratados à luz do futuro, e são, de forma impressio-nante, proibidos a impaciência e os lamentos. É um salmo no qual o Senhor silencia docemente as reclamações exageradamente comuns, e acalma suas mentes quanto ao seu tratamento atual com seu próprio rebanho escolhido, e os lobos por quem são cercados. Contém oito grandes preceitos, é ilustrado duas vezes com declarações autobiográficas, e está cheio de contrastes notáveis.

Marcos 10
Jesus ensina sobre divórcio,  após os religiosos tentarem põ-lo à prova.
Depois explica que para entrar no Reino dos Céus devemos ser como crianças.  Essa é uma das passagens mal interpretadas pela cristandade. Muitos pensam que Jesus está falando que devemos ser puroa e inocentes como as crianças.  Ora, quem tem filhos sabe que a criança não rem nada de inocente.  Desde muito cedo já desenvolve os sentimentos comuns aos pecadores,  como raiva, inveja, falta de respeito e amor ao próximo.  Mas a criança porém, é cem por cento depende dos pais.  É isso que Jesus espera de nós: que sejamos 100% dependentes do Pai e que reconheçamos isso.