Leitura bíblica - dia 43

Gênesis 43
O trigo que os filhos de Jacó compraram no Egito acabou. Jacó pede para que comprem mais, mas Judá o lembra que para isso terão que levar Benjamin à presença do governador. Jacó fica muito temeroso quanto a isso,  mas Judá se compromete a cuidar e trazer Benjamin de volta.  Jacó concorda e ainda prepara alguns regalos para o governador. Manda também de volta a prata que, ao seu ver, foi mandada por engano junto com o trigo. Ao ver todos seus irmãos juntos, José pede ao seu servo que os leve para sua residência e prepare uma grande refeição.  Os irmãos ficam tensos e desconfiados, pensando que o governador irá puní-los pelo mal entendido da prata.  José,  porém, deixou todos bem à vontade, abençoou a família e o jantar ocorreu com alegria.

Salmos 43
Por causa da semelhança da estrutura deste salmo com a do salmo 42, tem se pensado que este seja um fragmento que, por engano, tenha sido separado do cântico que o antecede; mas é sempre perigoso permitir essas teorias de erro na Sagrada Escritura, e nesse caso seria muito difícil mostrar uma causa justa para se admitir tal idéia. Por que o salmo teria sido separado? Sua semelhança teria assegurado sua unidade se algum dia tivesse sido parte integrante do salmo 42. Não é muito mais plausível que alguns em sua imaginada sabedoria tenham unido-os erradamente nos poucos manuscritos nos quais são encontrados como um só? Nós cremos que seja fato que o estilo da poesia tenha agradado o escritor e que, mais tarde, ele tenha escrito este salmo suplementar no mesmo estilo. Como apêndice, não precisava de título nenhum. Davi reclama de seus inimigos e pede o privilégio da comunhão com Deus como o seu mais seguro livramento deles. (Charles Spurgeon)

Marcos 16
Domingo de manhã as discípulas vão até o túmulo de Jesus e o encontram aberto.  O Evangelho de Mateus dá a entender que elas teriam visto o anjo sentado sobre a pedra de entrada do túmulo.  Marcos,
porém, esclarece que o anjo estava dentro do túmulo. Ele as informa sobre a ressurreição de Jesus Cristo e diz que ele iria encontrar-se com eles na Galiléia. Elas, ainda atordoadas, nem comentam nada.  Jesus já tinha aparecido à Maria Madalena e coube a ela contar aos outros.  Mas não acreditaram.  Jesus apareceu a dois discípulos que voltavam para Emaús. Eles contaram aos outros discípulos, mas de novo não acreditaram.  Mais tarde Jesus apareceu aos onze enquanto comiam e lhes criticou a incredulidade. Comissionou-os a pregarem o Evangelho em toda parte.