Leitura bíblica - dia 44

Gênesis 44
José prepara uma "pegadinha" para seus irmãos: ordena que na bagagem do caçula Benjamin seja colocado o seu próprio cálice. Depois disso, ordena a um servo que os encontre no caminho,  acusando-os de roubo. Quando o cálice é encontrado na bagagem de Benjamin, todos ficam confusos e inconformados. Foram então,  reconduzidos à presença de José. Lá chegando, se ofereceram como escravos.  Mas José disse que apenas Benjamin ficaria, afinal, foi ele quem havia "roubado" o cálice.  Judá toma a palavra e explica a conversa que teve com o pai Jacó,  prometendo levar de volta o caçula em segurança.  Então, ele próprio,  Judá, se oferece como escravo no lugar de Benjamin.

Isso tem um precioso significado!  Lembre-se que Jesus é descendente da tribo de Judá, e ele, inocente, se entrega a si mesmo para pagar a culpa do infrator acusado.

Salmos 44

DIVISÃO
De Sl 44-1-3, passa-se à história das poderosas obras a favor de Israel e, em lembrança delas, a fé no Senhor é expressa, Sl 44.4-8. Então, as notas de queixa são ouvidas, Sl 44.9-16; a fidelidade do povo ao seu Deus é despertada, Sl 44.17-22; e roga-se ao Senhor que intervenha, Sl 44.23-26.

Lucas 1
A Bíblia não diz quem era Teófilo, mas é fácil imaginar que pode ser qualquer um, inclusive eu e você. O nome grego é composto por duas palavras, "Teo", que significa "Deus", e "filo", que é "amigo". Se você é amigo de Deus, então Teófilo é você.

Zacarias é um dos sacerdotes que se revezam no serviço do templo de Jerusalém. Sua posição é privilegiada, porém, apesar de sempre ter orado por um filho, sua esposa Isabel é estéril e eles já são velhos. Para um judeu, cujas bênçãos incluíam saúde, filhos e prosperidade, a esterilidade era motivo de tristeza e desonra.

Ao entrar no templo para oferecer incenso, Zacarias não imagina a surpresa que o espera: um anjo em pé à direita do altar de incenso. Zacarias leva o maior susto, mas o anjo o tranquiliza. Apresenta-se como Gabriel e avisa que sua oração foi ouvida: sua esposa dará à luz um filho que será chamado João. Ele será grande diante do Senhor e converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus.

Se você entrasse em um lugar que era para estar vazio, e encontrasse alguém dizendo ser um anjo e anunciando que sua mulher idosa e estéril ficaria grávida de uma celebridade, você acreditaria? Nem Zacarias acreditou, e por causa de sua incredulidade ele ficará mudo até o nascimento da criança. Ao sair do templo ele só consegue se comunicar por sinais ou escrevendo. Mas sua incredulidade o impede de falar das grandes coisas que Deus preparou para ele.

A incredulidade nos priva de muitos privilégios. Durante anos Zacarias orou por aquela criança, e agora que Deus avisa que a encomenda está a caminho, ele duvida! Faz lembrar o caso de um grupo de lavradores que decidiram orar pedindo chuva. Enquanto caminhavam sob um céu sem nuvens até o lugar combinado, achavam graça da filhinha de um deles que levava um guarda-chuva debaixo do braço. Foi a única que voltou para casa de roupa seca.
(Mário Persona)