Leitura bíblica - dia 62

Êxodo 11
"Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas"
(Atos, 10:34)

Muita gente combate a doutrina da eleição, usando fora de contexto o versículo acima (e ignorando o posterior). Porém, ao anunciar a décima praga (a morte dos primogênitos do Egito), Deus deixa muito claro ser ele o eleitor:

"Então vocês saberão que o Senhor faz distinção entre o Egito e Israel!" (Êxodo 11:7)

Salmos 61
Este salmo é uma pérola. É pequeno, mas é precioso. Para muitas pessoas enlutadas deu voz quando a mente não poderia ter conseguido criar uma fala para si. Evidentemente, foi composto por Davi depois que tinha subido ao trono (ver Sl 61.6). O segundo versículo leva-nos a crer que foi escrito durante o exílio forçado do salmista longe do tabernáculo, que era a moradia visível de Deus: se foi, o período da rebelião de Absalão foi sugerido muito adequadamente como sendo a data de sua autoria, e Delitzsh está correto em intitulá-lo "Oração e ação de graças de um rei expulso, voltando para seu trono". Poderíamos dividir os versículos conforme o sentido, mas é preferível seguir o arranjo do próprio autor, e fazermos a pausa em cada SELAH. (Charles Spurgeon)

Lucas 18
Outro riquíssimo capítulo do Evangelho. Um tapa na cara daqueles que são cheios de justiça própria.

Já no versículo 9 vemos o fariseu se gabando para Deus por ser dizimista, jejuar... enquanto o pecador publicano nem ousava olhar para o céu e suplicava por misericórdia. Adivinha qual dos dois foi pra casa justificado por Deus?

"Quem não receber o Reino de Deus como uma criança,  nunca entrará nele." (Lucas 18:17)

O que é ser como uma criança? Puro e inocente? Quem tem filhos e sobrinhos pequenos, já sabe que a criança não tem nada de pura e inocente!! Na verdade, a característica da criança neste caso é a total dependência do adulto para viver, assim como nós somos totalmente dependentes de Cristo para vivermos eternamente.

Logo em seguida, vemos o homem rico se gabando para Jesus, se dizendo cumpridor de todos os mandamentos (como se isso fosse possível). Jesus estraçalha com sua auto estima, dizendo algo do tipo: "se você cumpre os mandamentos e ama o próximo como a si mesmo, venda tudo o que você tem e distribua aos pobres."
O homem rico se entristeceu ao perceber que ele próprio não era quem imaginava ser.