Leitura bíblica - dia 75

Êxodo 24
Os capítulos 20,21,22 e 23 de Êxodo,  representam o "Livro da Aliança".  Neste capítulo 24, após falar com Deus,  Moisés desce do monte e lê o livro ao povo, que se compromete a fazer tudo o que o Senhor ordenou, sabendo que dessa forma, Ele lhes seria sempre favorável.
Deus volta a chamar Moisés para o alto do monte para lhe dar as Tábuas da Lei. Moisés leva junto seu ajudante Josué e deixa Hur e Arão tomando conta do povo. Quando Moisés subiu, a nuvem cobriu o monte. Passaram seis dias e no sétimo, Deus chamou Moisés para dentro da nuvem.  Ele permaneceu lá por 40 dias.

Salmos 74
Um salmo instrutivo de Asafe. A história da igreja sofredora é sempre edificante; quando vemos como os fiéis confiaram em Deus e lutaram com ele em tempos de muita aflição, aprendemos como devemos nos comportar em circunstâncias semelhantes; aprendemos também que, quando nos acontece uma provação de fogo, nenhuma coisa tão estranha nos aconteceu; é que nós estamos seguindo no trilho da hoste de Deus.
(Charles Spurgeon)

João 7
Pois essa ida ao Pai outra coisa não é senão que ele dá a si mesmo em sacrifício para efetuar pagamento pelos pecados por meio do derramamento de seu sangue e sua morte. E depois disso, em sua ressurreição, sai vitorioso e tem domínio sobre o pecado, a morte e o inferno,  e vivo, assenta-se a direita do Pai, onde de forma invisível sobre tudo o que há nos céus e na terra. Por meio da pregação do Evangelho,  congrega e estende sua cristandade e, qual mediador eterno e sumo sacerdote, representa os crentes junto ao Pai e por eles intercede,  pois esses ainda se acham em meio a fraqueza e ao pecado. Além disso, ele concede a força e o poder do Espírito Santo para que o pecado, o diabo e a morte possam ser vencidos.  (Martinho Lutero sobre João 7:33)