Leitura bíblica - dia 119

Levítico 25

Pregação

Instituição do Ano Sabático e do Ano do Jubileu

Salmos 115
No salmo anterior as maravilhas antes operadas por Deus foram recontadas em sua honra, e neste salmo pede-se que ele se glorifique novamente, porque os pagãos estavam se prevalecendo da ausência de milagres, estavam negando completamente os milagres de tempos atrás, e insultando o povo de Deus com a pergunta: "Onde está agora o seu Deus?". Machucava o coração dos piedosos que Jeová fosse assim desonrado; e tratando como indigna de se notar a sua própria condição de vergonha, eles imploram ao Senhor que ao menos vindique seu próprio nome. O salmista está evidentemente indignado com o fato que os adoradores de ídolos tolos pudessem colocar uma pergunta tão insultuosa ao povo que adorava o único Deus vivo e verdadeiro, e tendo gasto sua indignação em sarcasmo contra as imagens e seus fabricantes, ele passa a exortar a casa de Israel a confiar em Deus e bendizer o seu nome. Como aqueles que morreram e se foram não podem mais cantar salmos ao Senhor entre os filhos dos homens, ele exorta os fiéis que vivem na época a cuidarem que Deus não seja roubado de seu louvor, e então ele termina com um exultante Aleluia. Os vivos não devem exaltar o Deus vivo?
(Charles Spurgeon)

Romanos 2

Pregação

É um capítulo contra a hipocrisia. Os judeus se achavam acima do bem e do mal, que eram o povo de Deus,  última bolacha do pacote e por isso punham-se a julgar a todos os demais. Repare bem que isso se encaixa perfeitamente com muitos cristãos confessos! Paulo adverte que todos, rigorosamente todos serão julgados de acordo com seu procedimento. Que aquele que não estiver de acordo com a Lei de Deus será condenado.

1-) Que isso sirva de alerta para todos nós.

2-) Leia imediatamente o capítulo 3