Leitura bíblica - dia 96

Levítico 3
Instruções sobre o Sacrifício Pacífico.  Veremos maiores detalhes daqui há alguns dias no capítulo 7.

Salmos 93

Pregação sobre o capítulo com o pastor Maurício Andrade

Este breve salmo não tem título nem nome de autor, mas seu tema é bastante óbvio, sendo declarado na primeira linha. É o salmo de soberania onipotente: Jeová, apesar de toda oposição, reina supremo. Possivelmente, ao tempo em que foi escrita esta ode, a nação corria perigo diante de seus inimigos, e as esperanças do povo de Deus foram encorajadas com a lembrança de que o Senhor ainda era Rei. O que poderiam desejar de mais doce e mais segura consolação?
(Charles Spurgeon)

Atos 8
Após o episódio do apedrejamento de Estêvão, a Igreja passa pela primeira vez por uma perseguição oficial. Os cristãos, com exceção dos apóstolos, são dispersos para outras regiões. Com isso, o Evangelho se espalha. Um jovem chamado Saulo se mostra um dos mais dedicados perseguidores de cristãos, tirando homens e mulheres de suas casas e jogando-os na prisão.

Neste capítulo temos a história de Simão, o mágico. Ela é muito semelhante à histórias recentes. Um homem que engana o povo e atrai multidões com vários sinais, se dizendo um homem de Deus.
Quando Filipe aparece naquela região (Samaria) pregando o verdadeiro Evangelho, muitos são convertidos e o próprio Simão passa a seguir Filipe. Devido a esse despertamento dos samaritanos, Pedro e João foram enviados para lá e impunham as mãos sobre o povo para que recebessem o Espírito Santo. Ao ver isso, Simão ofereceu-lhes dinheiro para que lhe fosse dado (vendido) esse dom. Isso causou a fúria de Pedro, que lhe deu o seguinte esculacho:

"Vá tua prata contigo à perdição, pois cuidaste adquirir com dinheiro o dom de Deus. Tu não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, dessa tua maldade, e roga ao Senhor para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração; pois vejo que estás em fel de amargura, e em laços de iniquidade."
(Atos 8:20-23)

Na sequência temos o encontro de Filipe com o eunuco da Etiópia, que depois desse encontro viria a se tornar, segundo a opinião de muitos, o primeiro africano cristão.