Leitura bíblica - dia 149

Números 28

Através de Moisés, Deus requer dos israelitas, ofertas e sacrifícios.  Alguns diários, alguns semanais e também estabelece festas.

Salmos 144

Embora este salmo seja até certo ponto muito semelhante ao Sl 18.1-50, ao mesmo tempo é um cântico novo e sua última parte é bem nova. Que o leitor o aceite como um novo salmo, e não como mera variação de um salmo antigo, ou como duas composições mal unidas. É verdade que seria uma composição completa se o trecho do Sl 144.12-15 fosse eliminado; mas há outras partes dos poemas de Davi que poderiam ser igualmente completos em si no caso de certos versículos serem omitidos; e o mesmo pode ser dito sobre muitos sonetos pouco inspirados. Não se pode concluir, portanto, que a parte final foi acrescentada por outra mão, nem mesmo que a parte final foi fragmento do mesmo autor, acrescentado ao primeiro cântico meramente para preservá-la. Parece-nos bastante provável que o salmista, lembrando-se de que tinha antes caminhado pelo mesmo terreno, sentiu sua mente despertar por um novo pensamento, e que o Espírito Santo usou essa sua disposição para altos propósitos. Certamente o adendo é digno do maior dos poetas hebreus, e é tão admirável na linguagem, e tão cheio de belas imagens, que pessoas de bom gosto que nem tinham sobrecarga de reverência o têm citado vezes sem conta, confessando assim sua excelência poética singular. Para nós, o salmo todo parece estar perfeito como ficou, portanto, consideramos um vandalismo literário, e um crime espiritual, alterar qualquer uma de suas partes.
(Charles Spurgeon)

1 Coríntios 16

Neste último capítulo, Paulo dá instruções para a coleta de recursos que serão destinados para o povo de Deus. Diz que em breve pretende visitá-los para passar uns dias. Pede para que, no caso de uma visita de Timóteo, tratem-no com zelo e que Apolo também há de visitá-los. Exorta-os para que fiquem alertas, firmes na fé,  com força, coragem e amor.