Leitura bíblica - dia 155

Números 34

Deus estabelece quais serão as fronteiras e a extensão da terra prometida.

Salmos 150

Aqui está a última das 150 reflexões de Charles Spurgeon em cada um dos Salmos que você acompanhou aqui em nossos estudos. Procure material deste importante pregador,  considerado "o último dos puritanos". Certamente sua vida será edificada.

Chegamos agora ao último e mais elevado cume da cadeia de montanhas dos salmos. Esta se eleva bem alto no céu azul, e sua fronte é banhada pela luz solar do mundo eterno de adoração - e é um arrebatamento. O profeta poeta está cheio de inspiração e entusiasmo. Ele não quer argumentar, ensinar, explicar; mas clama com palavras ardentes: "Louvem-no, louvem-no, louvem o SENHOR".
(Charles Spurgeon)

2 Coríntios 6

Paulo sintetiza as várias aflições que passara em seu ministério,  não dando nenhum motivo de escândalo para não cair em descrédito. Diz não limitar seu afeto pela igreja e pede que, da mesma forma, a igreja lhe abra o coração.
Chama a atenção para que os crentes não se associem em nenhuma esfera com os não crentes.

2 Coríntios 6:14 - Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?