Leitura bíblica - dia 177

Deuteronômio 20

Instruções para a guerra.  Em primeiro lugar,  para confiar em Deus:

Ouvi, ó Israel; vós estais hoje para entrar na peleja contra os vossos inimigos; não se amoleça o vosso coração; não temais nem tremais, nem vos aterrorizeis diante deles, pois o Senhor vosso Deus é o que vai convosco, a pelejar por vós contra os vossos inimigos, para vos salvar.
(Deuteronômio 20:3-4)

Também,  instruções para que não deixem coisas pendentes antes da batalha, para que, no caso de morte, outra pessoa não desfrute do que lhe era de direito.  Por exemplo:

Também qual é e homem que está desposado com uma mulher e ainda não a recebeu? vá, e torne para casa; não suceda que morra na peleja e outro a receba.
(Deuteronômio 20:7)

A seguir,  a instrução para sempre,  antes de uma batalha,  ser proposta a paz.

Se ela te responder em paz, e te abrir as portas, todo o povo que se achar nela será sujeito a trabalhos forçados e te servirá. Se ela, pelo contrário, não fizer paz contigo, mas guerra, então a sitiarás, e logo que o Senhor teu Deus a entregar nas tuas mãos, passarás ao fio da espada todos os homens que nela houver;
(Deuteronômio 20:11-13)

Provérbios 22

16 provérbios.  Leia todos.

Filipenses 4

Os que amam em impureza e perversão e os que buscam apenas o puro gozo, esses não amam e louvam a exclusiva bondade de Deus, mas buscam seus próprios interesses e querem saber apenas até que ponto Deus é bom para eles, ou seja, em que medida lhes revela sua bondade de modo perceptível e os beneficia. Esses o têm em alta estima, são alegres, cantam e louvam, enquanto dura esse sentimento. Quando porém, Deus se oculta e retira o resplendor de sua bondade deixando-os no desamparo e na miséria, acaba-se também seu amar e louvar, não sendo capazes de amar e louvar a bondade pura e imperceptível como ela se encontra oculta em Deus. Com isso demonstram que seu espírito não se alegrou em Deus, seu Salvador e que não existiu um verdadeiro amar e louvar da pura bondade de Deus. Demonstram mais prazer na salvação do que no Salvador, mais nos dons do que no doador, mais na criatura do que no Criador, pois não são capazes de permanecer iguais na abundância e na carência, na riqueza e na pobreza. Como diz Paulo:

Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre.
(Filipenses 4:11)

(Martinho Lutero)