Leitura bíblica - dia 185

Deutetonômio 28

Típico exemplo de como a chamada igreja cristã moderna tem nos ensinado a Palavra pela metade.

Nos 14 primeiros versículos temos uma série de promessas de bênçãos:

E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás por cima, e não por baixo...
(Deuteronômio, 28:13a)

Mas existe,  para isso,  uma condição:

...se obedeceres aos mandamentos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, para os guardar e cumprir,
(Deuteronômio, 28:13b)

Entenda por condição, cumprir rigorosamente os mandamentos e não apenas tentar! Lembre-se do que diz Tiago em sua carta:

Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.
(Tiago, 2:10)

Lembre-se também que Jesus não aceita que cumpramos a Lei simplesmente por aparência.  Ele também quer que cumpramos com o coração, em nossos pensamentos:

Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
(Mateus 5:27-28)

Porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.
(Mateus 15:19)

Uma pessoa honesta com Deus e consigo mesma,  que já tentou adequar sua vida à Escritura buscando perfeita santidade,  sabe que é impossível cumprir rigorosamente os mandamentos,  ainda que por poucos minutos.

Então,  para os que não cumprem, temos os versículos de 15 a 68 de Deuteronômio 28 prometendo maldições.  Entre elas destacamos:

Se, porém, não ouvires a voz do Senhor teu Deus, se não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno, virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:

O Senhor mandará sobre ti a maldição, a derrota e o desapontamento, em tudo a que puseres a mão para fazer, até que sejas destruído, e até que repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, pelas quais me deixaste.

O Senhor te ferirá com a tísica e com a febre, com a inflamação, com o calor forte, com a seca, com crestamento e com ferrugem, que te perseguirão até que pereças

Os teus cadáveres servirão de pasto a todas as aves do céu, e aos animais da terra, e não haverá quem os enxote.
(Deuteronômio 28:15,20,22 e 26)

Porém, a esperança do cristão não está nele próprio (como acontece com os judeus e muçulmanos). A esperança está em Cristo,  que cumpriu a Lei em nosso lugar,  nos livrando dessas maldições:

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós
(Gálatas 3:13)

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado.
(Romanos 8:1-3)

Provérbios 30

Palavras extremamente sábias da parte de Deus, através de Agur, filho de Jaque de Massá.

A princípio,  palavras de alguém que reconhece a sua pequenêz diante de Deus:

Na verdade que eu sou mais estúpido do que ninguém; não tenho o entendimento do homem; não aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do Santo.
(Provérbios 30:2-3)

Em seguida uma oração que apresenta um sábio pedido,  impensável em muitas seitas ditas cristãs da atualidade:

Não me dês nem a pobreza nem a riqueza: dá-me só o pão que me é necessário, para que eu de farto não te negue, e diga: Quem é o Senhor? ou, empobrecendo, não venha a furtar, e profane o nome de Deus.
(Provérbios 30:8-9)

O capítulo termina com observações cotidianas:

Quatro coisas há na terra que são pequenas, entretanto são extremamente sábias:
-As formigas são um povo sem força, todavia no verão preparam a sua comida.
-Os querogrilos são um povo débil, contudo fazem a sua casa nas rochas.
-Os gafanhotos não têm rei, contudo marcham todos enfileirados;
-A lagartixa apanha-se com as mãos, contudo anda nos palácios dos reis.
(Provérbios 30:24-27)

1 Tessalonicenses 4

Recomendações de santidade e amor:

Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus;
(1 Tessalonicenses 4:3-5)

O capítulo termina falando sobre mortos e vivos na vinda do Senhor:

Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança.
Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.
(1 Tessalonicenses 4:13 e16/18)