Leitura bíblica - dia 199

Josué 9

Ao ouvirem os relatos sobre o que se passou em Ai, todos os reis que estavam a oeste do Jordão, nas montanhas, na Sefelá, entre a planície costeira e as montanhas; e em todo o litoral do mar Grande, até o Líbano: heteus, amorreus, cananeus, perizeus, heveus e jebuzeus, coligaram-se para combater, de comum acordo, contra Josué e contra Israel.
(Josué 9:1-2)

Já, os habitantes de Gibeom usaram a estratégia de, fingindo-se de miseráveis vindos de terras muito distantes, oferecerem-se como escravos a Israel.
Josué mordeu a isca, por não ter consultado a Deus. Mais tarde, porém, ao descobrir a farsa, Josué os questiona sobre isso. Eles justificam a atitude, dizendo temer por suas vidas, pois não teriam chance frente ao exército de Israel. Josué age com misericórdia, mas também com justiça:

E assim Josué os tratou: livrou-os da mão dos filhos de Israel que não os mataram. Naquele dia, Josué determinou que passassem a ser rachadores de lenha e carregadores de água a serviço da congregação israelita e do altar de Yahweh, em qualquer lugar que o SENHOR escolhesse para a sua adoração. É o que eles são até os dias de hoje.
(Josué 9:26-27)

Cantares 2

- Como formoso lírio entre os espinhos, assim é minha amada entre as jovens.

- Como uma macieira robusta entre todas as árvores do bosque, assim é meu amado entre os demais filhos da terra.
(Cantares 2:2-3)

Tito 2

Algumas coisas não mudam nunca e hoje,  assim como nos tempos bíblicos,  muita bobagem tem sido ensinada em nossas igrejas.  Paulo instrui o pastor Tito,  mas está instruindo a cada um de nós:

Tu, porém, prega o que está em harmonia com a sã doutrina!
(Tito, 2:1)

A seguir, Paulo fala sobre a graça, destacando a divindade de Cristo:

Ela nos orienta a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta presente era,
enquanto aguardamos a bendita esperança: o glorioso retorno de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo.
(Tito 2:12-13)

Leitura bíblica - dia 198

Josué 8

Com o povo já purificado da questão do capítulo anterior,  Deus ordena que, novamente,  tomem posse da cidade de Ai, pois desta vez a vitória está assegurada. Disse Deus:

Tratarás Ai e seu rei como trataste Jericó e seu rei. Entretanto, desta vez podereis vos apossar dos despojos e dos animais. Prepara uma emboscada atrás da cidade!”
(Josué, 8:2)

E assim,  orientado por Deus, Josué põe em prática uma excelente estratégia. Leia o capítulo.

Cantares 1

Eis o cântico dos cânticos, a mais bela canção de amor composta por Salomão.
(Cantares 1:1)

Este livro é um cântico de louvor em que Salomão louva a Deus pela obediência, tida como uma dádiva de Deus. Pois onde Deus não cuida da casa e não governa por sua própria conta, não existe,  em nenhum estamento, nem obediência nem paz. Onde porém,  existe obediência ou um bom regimento, lá habita Deus, que beija e abraça sua noiva amada com sua Palavra, isto é, com o ósculo de sua boca.
(Martinho Lutero)

Tito 1

Paulo enviou Tito à ilha de Creta para, de acordo com as suas orientações, organizar a congregação que alí havia, constituindo presbíteros, ou seja, pessoas que ficariam responsáveis pelo ensino e condução da igreja. Paulo lista as qualidades que esses presbíteros deverão ter, como valores morais e temor a Deus:

É preciso que ele seja hospitaleiro, amigo do bem, sensato, justo, piedoso, tenha domínio próprio e apegue-se firmemente à fiel Palavra, da forma como foi ministrada, a fim de que seja capaz tanto de encorajar os crentes na sã doutrina quanto de convencer os que se opõem a ela.
(Tito 1:8-9)

Paulo já havia alertado a Timóteo (que era responsável pela igreja em Éfeso), quanto à ação de falsos mestres. Em Creta, o problema era o mesmo!

Porquanto há muitos insubmissos, que não passam de tagarelas e ludibriadores, principalmente os do grupo da circuncisão.
É necessário fazê-los calar, pois, motivados pela cobiça, transtornam casas inteiras, pregando o que não convém.
(Tito 1:10-11)

Observe se a passagem acima tem algo em comum com líderes cristãos da atualidade.

Leitura bíblica - dia 197

Josué 7

Os israelitas saem à batalha contra o povoado chamado  Ai. Após um estudo, chegaram a conclusão de que não seriam necessários mais do que três mil soldados, pois não se tratava de um grande adversário. No entanto, os israelitas foram derrotados e humilhados. Josué,  assim como todo o povo, se sentiu desamparado por Deus:

Exclamou então Josué: “Ah, Eterno Deus, por que fizeste este povo atravessar o Jordão? Foi para nos entregar nas mãos dos amorreus e nos exterminar? Antes nos contentássemos em continuar do outro lado do Jordão!
Perdoa-me, SENHOR, mas o que poderei dizer agora que Israel foi derrotado e humilhado por seus adversários?
Os cananeus e os demais habitantes desta terra serão informados sobre este acontecimento, nos cercarão e aniquilarão o nosso nome da face da terra. Que farás, então, pelo teu grande Nome?”
(Josué 7:7-9)

Desde o início do capítulo,  já estava claro que o povo estava em desobediência,  quando o judeu Acã tomou para si objetos, despojos de guerra de povos pagãos, que haviam sido condenados e proibidos por Deus. Após uma intensa investigação, Acã acaba confessando:

Acã respondeu a Josué: “Em verdade, fui eu que pequei contra o SENHOR, Deus de Israel, e eis o que fiz: Vi entre os despojos um belo manto tecido em Sinear, Babilônia, dois quilos e quatrocentos gramas de prata e uma barra de ouro de seiscentos gramas, eu me deixei seduzir pela cobiça e me apossei deles. Estão escondidos no chão da minha tenda, com a prata por baixo!”
(Josué 7:20-21)

A sentença é implacável:

Então Josué, juntamente com todo o Israel, conduziu Acã, bisneto de Zerá, e a prata, o manto babilônico, a barra de ouro, seus filhos e filhas, seus bois, seus jumentos, suas ovelhas, sua tenda completa, e tudo o que lhe pertencia, ao vale de Ahor, Acor. Chegando lá, declarou-lhe Josué: “Por que trouxeste desgraça e humilhação sobre todos nós? Que Yahweh neste momento cause a tua desgraça!” E todo o Israel o apedrejou, e em seguida, apedrejou também todos os seus até a morte, e queimou tudo e todos eles no fogo.
(Josué 7:24-25)

Eclesiastes 12

Neste último capítulo,  Salomão faz uma reflexão sobre a velhice, sugerindo que lembremo-nos de Deus enquanto ainda temos vigor.
Em sua conclusão, após analisar cada um dos temas presentes no livro, o autor escreve:

Agora que já se disse tudo, eis aqui a conclusão a que chegamos: ama reverentemente a Deus e obedece aos seus mandamentos; porquanto foi para isso que fomos criados. Porque Deus conduzirá a Juízo tudo quanto foi realizado e até mesmo o que ainda está escondido; quer seja bem, quer seja mal.
(Eclesiastes 12:13-14)

2 Timóteo 4

Paulo faz um forte apelo à Timóteo para que pregue a Palavra, insistentemente e sem se desviar dela. O ser humano é, por natureza, inimigo de Deus e de Sua Palavra e se atrai facilmente para qualquer coisa que seja alheia a Ela. A profecia de Paulo é  perfeita para os dias de hoje:

Porque chegará o tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, desejando muito ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo seus próprios desejos e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão para as fábulas.
(2Timóteo 4:3-4)

Leitura bíblica - dia 196

Josué 6

Deus determina um ritual para a tomada da cidade de Jericó:

Vós, todos os combatentes, dai uma volta ao redor da cidade, cercando-a uma vez; e assim o fareis durante mais seis dias.
Sete sacerdotes levarão cada um seu Shofar, sua trombeta feita de chifre de carneiro, à frente da Arca. No sétimo dia, marcharão todos, sete vezes ao redor da cidade, e os sacerdotes tocarão as trombetas.
Então, quando as trombetas soarem um longo toque, todo o povo bradará um forte grito de guerra, e as muralhas da cidade ruirão e o povo atacará, cada um do lugar onde estiver posicionado!”
(Josué 6:3-5)

E assim aconteceu. Todo o povo de Jericó foi morto pelos israelitas,  com exceção de Raabe e sua família, pois ela havia protegido os espias de Israel (capítulo 2).

Eclesiastes 11

Podemos dividir este capítulo em duas partes:

O procedimento Prudente do sábio:

Quem fica apenas olhando o vento jamais plantará e quem para observando a passagem das nuvens nada colherá.
Assim como não conheces o caminho do vento, tampouco como o espírito entra no corpo que se forma no ventre de uma mulher, do mesmo modo não podes compreender as obras de Deus, o Criador de tudo o que há!
(Eclesiastes 11:4-5)

E sobre a mocidade:

Jovem, alegra-te na tua mocidade! Sê feliz o teu coração nos dias da tua juventude. Segue os caminhos que o teu coração indicar e todos os desejos dos teus olhos; saibas, contudo, que tudo quanto fizeres passará pelo julgamento de Deus.
Sendo assim, afasta do teu coração o desgosto e a ansiedade, e pare de fazer teu corpo sofrer, pois a juventude e o vigor da mocidade passam muito rápido.
(Eclesiastes 11:9-10)

2 Timóteo 3

- Os males e corrupções dos últimos dias:

Os homens amarão a si mesmos, serão ainda mais gananciosos, arrogantes, presunçosos, blasfemos, desrespeitosos aos pais, ingratos, ímpios, sem amor, incapazes de perdoar, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, inconsequentes, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, com aparência de piedade, todavia negando o seu real poder. Afasta-te, portanto, desses também.
(2 Timóteo 3:3-5)

- Paulo exorta a Timóteo a permanecer leal à verdade e destaca a importância e a utilidade das Sagradas Escrituras:

Tu, no entanto, permanece no ensino que recebeste e sobre o qual tens plena convicção, sabendo perfeitamente de quem o tem aprendido. Porque desde a infância sabes as Sagradas Letras que têm o poder de fazer-te sábio para a salvação, por intermédio da fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e proveitosa para ministrar a verdade, para repreender o mal, para corrigir os erros e para ensinar a maneira certa de viver; a fim de que todo homem de Deus tenha capacidade e pleno preparo para realizar todas as boas ações.
(2 Timóteo 3:14-17)

Leitura bíblica - dia 195

Josué 4

O povo está atravessando o Jordão que fora milagrosamente aberto e Deus ordena que um representante de cada uma das doze tribos, leve uma pedra do meio do rio e as guarde, para que sirva como um memorial para as gerações futuras.

... então lhes testemunhareis: ‘É que as águas do Jordão dividiram-se diante da Arca da Aliança de Yahweh; à sua passagem cindiram-se as águas do Jordão. Estas pedras serão, para sempre,um memorial para os filhos de Israel’”.
(Josué 4:7)

Feito por Deus,  este milagre semelhante ao do Êxodo serviu para que o povo respeitasse a Josué como líder,  assim como respeitavam a Moisés.

Eclesiastes 9

Então passei a refletir: ‘Melhor é a sabedoria do que o poder; contudo, a sabedoria do pobre é desprezada e as suas palavras logo caem no esquecimento geral.’

A sabedoria é melhor e mais poderosa do que qualquer arma de guerra; entretanto, um só pecador promove enorme destruição.
(Eclesiastes 9:16 e 18)

Isso comprova toda a experiência da História: jamais a força,  destituída da razão ou da sabedoria teve sucesso. Inclusive os tiranos não podem subsistir quando não procedem sabiamente e não recorrem a determinados direitos,  conselhos e leis entre si e para si (ainda que sejam maus), segundo os quais usam o punho e a força. Do contrário,  se desentenderão e desaparecerão por si mesmos.

Resumindo: não é o direito dos punhos,  mas o direito da cabeça. Não a força, mas a sabedoria ou a razão que deve reinar.
(Martinho Lutero)

2 Timóteo 1

Esta é uma carta de despedida, onde Paulo exorta a Timóteo a continuar como começou, promovendo o Evangelho. Isso também é necessário, uma vez que muitos caíram fora (versículo 15), além dos falsos espíritos e falsos mestres fazendo agitação por toda parte, razão por que cabe a um bispo ficar constantemente alerta.

Preserva com fé e amor em Cristo Jesus, o exemplo da sã teologia que observaste em mim. Guarda o bom tesouro com a ajuda do Espírito Santo que habita em nós.
(2 Timóteo 1:13-14)

Leitura bíblica - dia 194

Josué 3

É chegado o momento da travessia do Rio Jordão. Deus determina que os sacerdotes sigam à frente com a Arca, orientando o caminho, e que os demais a sigam a certa distância. É ainda o início do legado de Josué como líder de Israel e Deus promete confirmar essa liderança perante o povo :

Então Yahweh falou a Josué: “Hoje começarei a exaltar-te diante dos olhos de todo o povo de Israel, para que reconheçam que assim como estive com Moisés estarei contigo.
(Josué 3:7)

O cumprimento dessa promessa, se dá de modo semelhante ao ocorrido quarenta anos antes,  por ocasião do Êxodo:

Assim que os transportadores da Arca chegaram ao Jordão e que os pés dos sacerdotes que transportavam a Arca se molharam nas bordas das águas, pois o Jordão transborda pelas margens durante toda a época da colheita, as águas que vinham de cima, em forte correnteza, pararam e formaram uma muralha d’água a grande distância dali, perto de uma cidade chamada Adã, nas proximidades de Zuretã; e as águas que desciam para o mar da Arabá, o mar Morto, escoaram totalmente. E assim o povo atravessou o rio em frente de Jericó.
Os sacerdotes que carregavam a Arca da Aliança de Yahweh ficaram parados sobre a terra seca no meio do Jordão, enquanto todo o Israel passava pelo seco, até que toda a nação o atravessou pisando no solo da nova terra.
(Josué 3:15-17)

Eclesiastes 8

Salomão escreve sobre a sabedoria que há em ser obediente ao rei.  Ora, ele próprio era o rei de Israel! Mas,  por ser a Escritura Sagrada a Palavra do próprio Deus e por sabermos (pela própria Palavra) que Deus não divide sua glória com ninguém, essas mesmas palavras nos servem hoje de alerta para que sejamos obedientes a Ele, o único,  verdadeiro e definitivo Rei:

Não te apresses em deixar a companhia do rei, nem te coloques em má situação apoiando uma causa errada, considerando que o rei faz o que bem lhe aprouver.
Afinal, os desejos e a palavra do rei são soberanos, e ninguém tem o direito de questionar: ‘Que estás fazendo, ó rei?’
(Eclesiastes 8:3-4)

O capítulo fala ainda sobre a natureza humana caída e a "justiça" que ela produz:

Vi também pessoas perversas serem sepultadas em grande honra. Na volta do lugar santo, percebi que eram elogiadas, e isso na mesma cidade onde haviam praticado o mal. Ora, isso também não faz sentido, é um absurdo!

Quando os crimes não recebem rapidamente os devidos julgamentos e punições, os corações dos demais filhos dos homens se enchem de disposição para fazer o mal.
(Eclesiastes 8:10-11)

1Timóteo 6

Porquanto, o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e por causa dessa cobiça, alguns se desviaram da fé e se atormentaram em meio a muitos sofrimentos.
(1 Timóteo 6:10)

Nesta passagem,  o apóstolo condena a busca de riquezas, não sua posse. Abraão não se empenhava na busca de riquezas.  Quem se preocupa com sua família e seus filhos faz bem. Mas se fica à espreita e busca oportunidades para enriquecer, isso significa que não quer contentar-se com as coisas que tem a sua disposição. Ouvimos a admoestação de Paulo contra a cobiça a qual ele descreve como "a raiz de todos os males", a saber, de todos os males desta vida. Faz isso afim de que nos calemos no tocante à vida futura, pois a pessoa cobiçosa priva-se da vida eterna, haja vista que seu coração se dilata e incha de tantas preocupações. Ao viver inquieta com todas as coisas, é forçada a temer os perigos do fogo e da água.  fica enleada por tantas preocupações quantos são os grãos de areia numa praia. Desse modo ela perde esta vida e a futura. E assim, como "a piedade tem a promessa"  (1 Timóteo 4:8),  a cobiça é o culto dos ídolos, pois adora o dinheiro.  A piedade por sua vez, cultua a Deus. O cobiçoso vive inseguro e é privado desta vida e da vida futura
(Martinho Lutero)