Cuidado com o legalismo

O LEGALISMO PODE CORROER QUALQUER PRÁTICA CRISTÃ, TRANSFORMANDO-A EM MOTIVO DE MÉRITO E ORGULHO.

Para os reformados, a tentação é gloriar-se em seu saber. Para os carismáticos, em sua devoção. Para os integrais, em suas obras de amor.

Daí fica "eu sou mais ortodoxo que você", "eu sou mais piedoso que você", "eu sou mais caridoso que você". E quando fazemos isso nos desviamos da verdadeira ortodoxia, piedade e caridade.

Cuidado com o legalismo. Ele é muito mais sutil que a libertinagem. Ele se veste com uma capa de pretensa espiritualidade, mas por dentro é orgulho e carnalidade.

Que grande tentação ele é para todos nós, cristãos! Quantas vezes já vi suas teias em meu coração.

(Vinícius Musselman Pimentel)